Não faça besteira, leia o Bandeira!

 
Não faça besteira, leia o Bandeira!
 

 
Cotidiano, cinema, música, anotações virtuais. Talvez não nessa ordem. Ou, quem sabe, nada disso.

Entre em contato.

elioband@hotmail.com
 
 
 

Elio Bandeira/Male/31-35. Lives in Brazil/Rio Grande do Sul/Porto Alegre/Mont'serrat, speaks Portuguese and English.
This is my blogchalk:
Brazil, Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Mont'serrat, Portuguese, English, Elio Bandeira, Male, 31-35.

 
 
novembro 29, 2002
 
Pois lembrei que no livro “A Insustentável Leveza do Ser”, de Milan Kundera, um dos personagens credita a vários acasos o fato de conhecer uma paixão. Nesta madrugada, o acaso permitiu que eu colocasse em prática meu “senso jornalístico”. Tinha deixado a Lu em casa mas ela ficou com a chave da minha casa. Quando estava retornando para buscá-la, liguei o rádio na Guaíba e um repórter estava falando de um acidente em Florianópolis. Depois relatou que o fato havia causado a morte do jogador Mahicon Librelato, do Inter. Liguei para o Possas, meu colega na Câmara e repórter do Correio do Povo, que não estava sabendo. Também liguei para o Leonardo, da Zero Hora, que desconhecia a notícia. Hoje de manhã está na capa de todos os jornais. Não deve ter sido por causa da minha chave, mas certamente o acaso deu sua contribuição.
 
Eu e a Lu tínhamos ido ao Music Hall para o aniversário do Igor. Além de conversar e confraternizar com os amigos, assistimos ao show da banda Bluestation, num tributo ao Pink Floyd. Bem legal a apresentação, com destaque para “Another Brick In The Wall”. Todo mês tem. É só conferir a programação da casa.
 
Chove em Porto Alegre e o trânsito fica mais lento. Pior ainda que algumas pessoas insistem em não avançar. Aí fica difícil manter o humor.

novembro 28, 2002
 
Falta tempo, mas dia 10 de janeiro estréia no Brasil o novo filme do 007: "Um Novo Dia para Morrer" (Die Another Day). É o 20º filme da série. Sempre gostei dos filmes do James Bond. Desde "Somente Para Seus Olhos", de 1981, faço questão de assistir todos no cinema. O novo filme já estreou na Inglaterra e os comentários informam que é bem melhor que o anterior. Olhem o site do 007.
 
Tá todo mundo comentando a demissão do Rogério Mendelski da RBS. O cara apresentava um programa pela manhã que era disparado o campeão de audiência. Só que isso não lhe permitia um desfile de críticas tendenciosas. Criticar sim, mas não de modo exagerado ou infundado. A versão oficial é que ele falou mal do novo anunciante do programa. Um dia a casa poderia cair. E caiu.
 
O baixista Stanley Clarke faz show dia 12/12 no Credicard Hall, em São Paulo. Lembrei que fui num show dele, em 1987 ou 1988, no Gigantinho, quando ele tocou com dois dos integrantes do The Police: o baterista Stewart Copeland e o guitarrista Andy Summers. Foi um show de grandes músicos, mas eles só tocaram um sucesso do Police, obviamente. O bom é que eu e meu irmão ficamos na primeira fila da pista. Já gostava do Clarke desde o disco “Hideaway” (1986), quando ele e o Stanley Jordan (guitarrista) gravaram uma versão maravilhosa de "Overjoyed", do Stevie Wonder. Quem estiver em São Paulo nessa data deve aproveitar.
 
Terminei, nessa madrugada, o livro “Um Grande Garoto”, do Nick Hornby. Não achei o melhor livro dele, mas é muito bom.

novembro 27, 2002
 
Hoje Jimi Hendrix completaria 60 anos. Se o cara já tocava tudo aquilo há mais de 30 anos, imagina o que ele faria hoje, com toda a tecnologia disponível. "Are You Experienced?", disco lançado em 67, continua sendo seu maior legado. Um disco obrigatório.
 
Às vezes nosso trabalho se torna insuportavelmente chato...principalmente quando estamos com sono.
 
Este ano novamente serei o responsável em organizar a troca de presentes entre os amigos. Desde 1995 a tradição se mantém. No entanto, fica complicado reunir todo mundo num mesmo lugar. É difícil conciliar as datas de pessoas que só vem a Porto Alegre no Natal, especialmente para vistar parentes. Sempre faço o possível para que tudo dê certo. Já começamos os preparativos.
 
Outro evento tradicional é o Gre-Nal de final de ano. Até agora, já foram realizados três, com duas vitórias do Grêmio e uma do Inter. Neste ano, criamos uma turma apenas para jogar futebol às quartas-feiras. A idéia é que o Gre-Nal reúna os dois grupos. No ano passado deu briga, o Dieter disse que nunca mais ia jogar futebol (está cumprindo a promessa). Mas vamos encontrar um jeito de fazer esse "clássico".

novembro 26, 2002
 
Vi uma reportagem genial sobre um tal de Joe Jennings. Ele é um cameraman de pára-quedismo especializado em serviços de dublê. Os saltos são completamente pirados e incluem carros, pneus de tratores, uma mesa de bar (com bebida e tudo) e até uma sala de estar. Muito engraçado. O cara fez até um documentário em DVD, chamado "Good Stuff" (parece que é uma rede de restaurantes que patrocina o cara). Dá uma olhada no site do Joe.
 
Isso me lembrou que eu saltei de pára-quedas em 1996. Estava em Santo Ângelo e fiz uma matéria sobre o assunto. Aproveitei para fazer o curso e saltar junto. O que mais deu medo foi a hora de sair do avião. Tá duvidando? Tenho até a fita gravada para comprovar. Valeu muito a pena.
 
Li na Folha de São Paulo de ontem que a Justiça deu ganho de causa aos proprietários de cinema acerca da lei municipal que obriga lugares marcados nesses estabelecimentos. Antes, a rede Cinemark também havia conseguido essa liberação. A questão é que há poucos dias foi aprovado, na Câmara Municipal de Porto Alegre, projeto semelhante. A alegação do autor é que os lugares numerados evitariam filas. Mas, e se vc pegar um lugar marcado ao lado de um casal que não pára de conversar? E se o cara da tua frente tem 3 metros de altura? Não dá para trocar de lugar???
 
Um dos prêmios daquela noite foi o "Free Your Mind", entregue para ONGs. A vencedora foi a FARE (Football Against Racism in Europe). O site é www.farenet.org. Vale a pena conferir o trabalho deles. O prêmio foi entregue pelo Patrick Kluivert, atacante do Barcelona (local onde foi a premiação), mas quem estava de gaiato na festa? Fábio Rockembach! Sim, aquele mesmo que jogou no Inter em 2000. Que moral, hein?
 
Fiquei até tarde da noite assistindo à reprise do European Music Awards, prêmio da MTV Europa. Gostei dos shows do Foo Fighters, Colplay, Bon Jovi e Moby. Por outro lado, não vi coisa mais abjeta do que a "performance" da Christina Aguilera na música "Dirty". No mais, achei um absurdo o Eminem ganhar o melhor CD do ano, vencendo o Coldplay. Fazer o quê, né...escolhas da audiência...

novembro 22, 2002
 
No ano passado o Eric Clapton fez um grande show em Porto Alegre. Essa turnê seguiu viagem e agora saiu, em CD duplo, o registro do espetáculo - One More Car, One More Rider. Além das clássicas "Layla", "Tears In Heaven", "Cocaine" e "Wonderful Tonight", tem uma versão de "Over The Rainbow" fechando o disco. Confira as músicas do CD. Aguardem, pois o DVD também tá chegando.
 
Ontem foi a entrega do Prêmo Press 2002, conhecido como o "Oscar da imprensa gaúcha". Não fui, mas quem esteve lá disse que foi uma bonita festa. Gostei das premiações para os meus amigos Mauro Saraiva Júnior, Milton Jung e Simone Iglesias. A lista completa dos premiados vc pode conferir aqui.
 
Eu e a Lu vamos deixar para ir à Serra em outra ocasião. O final de semana promete...
 
Impressionante. Isso é pouco para descrever o show do Rush, quarta passada, em Porto Alegre. Tecnologia de ponta, telões gigantescos e de alta definição e o principal: uma banda carismática e competentíssima. Os caras realmente tocam muito. O solo de bateria era para assistir de joelhos. O começo do show, com "Tom Sawyer", é daqueles momentos que a gente guarda na memória e depois conta aos netos. Valeu cada centavo investido!!!

novembro 19, 2002
 
Amanhã é o show do Rush. Imperdível.
 
Por causa da Feira do Livro, eu e a Lu deixamos de aproveitar o feriadão... Tudo bem. Já temos uma reserva em uma pousada na Serra para o próximo final de semana. Bem que podia fazer um friozinho...
 
E o milagre aconteceu! O Inter se manteve na 1ª Divisão do futebol brasileiro. Eu, o Kau, o João e o Emerson assistimos ao jogo. Depois encontramos o Marcelo e o Polenta para tomar uma cerveja em comemoração. O problema é: comemorar o quê? Essa fase comprovou que o Inter quase chegou no fundo do poço. Precisa mudar muito para voltar a ser grande. Vamos aguardar 2003.

novembro 14, 2002
 
Não dá para falar em futebol após uma noite como a de ontem. Mesmo quando o time jogou bem o resultado não veio. Isso é um reflexo da má campanha em todo o campeonato. Agora, só um milagre pode salvar o Inter.
 
Anote aí: três grandes bandas -The Cult, Dave Matthews Band e Jamiroquai - estão lançando DVDs ao vivo.
 
Há um ano estávamos eu, a Lu e alguns casais de amigos aproveitando as praias da Pipa (RN), Amor (RN), Maragoggi (AL). O motivo era o casamento do Gustavo, em Recife. Grande festa e inesquecíveis férias.

novembro 12, 2002
 
Li na Internet que "Cidade de Deus" é o filme brasileiro mais visto este ano no país, com 2,75 milhões de espectadores. Merecidíssimo reconhecimento, pois o filme é excelente.
 
Tinha parado de escrever sobre futebol. Acontece que amanhã é um dia muito importante na vida do Inter: evitar o rebaixamento para a 2ª Divisão. Vou ao estádio e sairei de lá com a consciência do dever cumprido. Espero que o time faça sua parte.
 
Sabe quando teu dia rende bastante? Isso aconteceu ontem. Sabe quando um dia começa errado? Aconteceu hoje. Ainda bem que os dias não são todos iguais...
 
Vi hoje o novo clipe do Pearl Jam, "I Am Mine". Não tem nada de especial, é só a banda tocando (e bem). A novidade é que fazia muito tempo que eles não apareciam num clipe. Tinham desistido de tudo, etc. Pelo menos não desistiram de fazer (boa) música. Ah, o novo CD deles "Riot Act", tá saindo logo, logo.

novembro 07, 2002
 
Se puder, ouça o novo CD do Paralamas do Sucesso, "Longo Caminho" e o novo do Beck, "Sea Change".
 
Aproveitando o embalo literário, comecei a ler "Um Grande Garoto", do Nick Hornby. Estou gostando. Tenho que ver o filme quando sair nas locadoras.
 
Como a Lu tá trabalhando na Feira, tive que comprar meus livros sozinho. Já tinha idéia do que estava procurando: "Foco Inicial", o novo livro da escritora Patrícia Cornwell, que conta histórias de uma médica-legista envolvida nas investigações de estranhos crimes. Já li "Causa Mortis" e "Contágio Criminoso", da mesma autora. O Luiz Zini Pires, da Zero Hora, me recomendou "Cemitério de Indigentes". Comprei também a biografia do Bob Dylan.
 
Pois é...começou a 48ª Feira do Livro de Porto Alegre. A Lu tá enlouquecida trabalhando na produção e organização do evento, dando informações e assistência aos escritores. Domingo passado fomos jantar na Usina das Massas, um restaurante agradável na Dinarte Ribeiro. O patrono da Feira, Ruy Carlos Ostermann, também estava lá, assim como autores cubanos, argentinos e brasileiros. Mas não integramos as "conversas literárias". Ficamos numa mesa de canto, aproveitando a boa comida.

 

 
   
  This page is powered by Blogger, the easy way to update your web site.

O Ponto de Encontro dos Blogueiros do Brasil

 

Home  |  Archives